domingo, 28 de junho de 2015

Ainda Bem Que Raul Não Está Vivo

Não sou seu maior fã, mas gosto de muito do que ele fez. Gosto mais ainda quando o bêbado não canta, ou o maluco alternativo não usa suas palavras como ideologia de vida. Raul colaborou com a vida e a arte à sua maneira, e hoje estaria, vejam só com 70 anos. Mas você acredita que, aos 70 anos, ele, com sua inquieta maluquice nos suportaria, com a elegância de uma Rita Lee? Esqueça meu amigo. Raul escreveu e cantou as coisas que não servem, de maneira alguma, aos relativistas insossos que acreditam no mundinho colorido que as fábricas de perfume imaginam. 
Raul não caberia nesta sociedadezinha chata que a internet criou. Por isso hoje, é muito mais fácil aceitarmos sua morte. É muito melhor que ele não esteja vivo para ver isso.  


Nenhum comentário: