sexta-feira, 26 de junho de 2015

Obama Wins (with Love)

Não, meus raros e nobres leitores. Não é uma crítica pela aprovação do casamento homossexual nos Estados Unidos, porque este, definitivamente é um tema que não me incomoda.  Como nunca me importei com o que meus amigos fazem da sua vida sexual, e como nunca me importarei.  Mas diante deste evento extraordinário nas redes sociais, não pude deixar de observar a demagogia, a falta de discernimento e a evidente falta de preparo para o diálogo de muitos internautas.  E mais do que a comemoração de uma vitória de uma minoria que lutava pelos seus direitos civis, vi muitos simpatizantes da causa tripudiarem e ofenderem os que são contrários a ela. Foi mais importante ofender aqueles que defendem a família tradicional, do que celebrar com seus pares a decisão americana. Para estes, por mais que o mundo mude e torne-se igualitário, qualquer lei será inútil, pois não aprenderam o básico de uma boa convivência, e por isso, sempre serão hostilizados, naturalmente.  

Quanto ao Obama,não posso deixar de mencionar sua esplêndida oratória, e confessar que fico desesperado quando um chefe de estado faz um belo discurso. Afinal tudo o que conseguimos por aqui é ganhar uma mandioca de consolação.  Entendam como quiserem.


imagem: tmillan1.files.wordpress.com 


Nenhum comentário: