terça-feira, 14 de julho de 2015

Seja Livre: O Conto do Desencontro.

Levantou-se de manhã e viu que precisava sair.  Correu para o seu personagem mais corriqueiro, abriu o guarda-roupa e vestiu-se de profissional.  Chegou lá e encontrou outros, todos mascarados.  Encenou sua pequena história até a hora do almoço, quando poderia sentir-se humano novamente. Mentiu para si mesmo fotografando sua comida. Sentiu vontade de mudar, mas já era hora de voltar ao trabalho.  Encerrou mais um dia e sentou-se numa praça. Afrouxou a gravata, o personagem foi embora.  Uma moça sentou-se ao seu lado, fútil e desinibida ao seu smartphone.  O cachorro passeava, a pomba voava, a árvore dobrava ao vento.  A moça ficou 20 minutos ali, não desviou os olhos da tela.  Ele não resistiu e perguntou: Você tem Whatss?  Ela disse que sim e lhe passou o contato. 

E assim, os dois nunca mais se falaram. 


#SejaLivre 

Nenhum comentário: